Cristo está na sua vida?...

Guardai-vos dos falsos profetas, que vêm a vós disfarçados em ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores... Mateus 7:15

Somos seguidores de Cristo, não de homens - Gálatas 1:10        

Segunda-feira, 27 de Setembro de 2004

- Não se lastime por erros passados




Não se lastime por erros passados


Certamente todos nós nos esforçamos para fazer o nosso melhor no serviço de Jeová, mas visto que todos somos imperfeitos muitas vezes cometemos faltas.


 Um exemplo disso é João Marcos, discípulo de Jesus Cristo e escritor das Boas Novas Segundo Marcos. O lar de sua mãe, em Jerusalém era um dos locais de reunião da primitiva congregação cristã, o que nos leva a crer que Marcos se tornou seguidor de Jesus Cristo antes da morte deste.


Marcos serviu como assistente de Paulo e Barnabé durante a primeira viagem missionária destes, onde provavelmente cuidou das suas necessidades físicas. Conforme mencionado em Actos 13:13



"Os homens, junto com Paulo, fizeram-se então ao mar, partindo de Pafos, e chegaram a Perge, na Panfília. Mas João retirou-se deles e voltou para Jerusalém."


Tal atitude deu origem a que Paulo se recusa-se a levá-lo consigo na Segunda viagem missionária, o que acabou por gerar um conflito com Barnabé, podemos observar isso em  Actos 15:37 


"Barnabé, da sua parte, estava resolvido a levar consigo também João, que se chamava Marcos, mas Paulo não achava correcto que levassem consigo a este, visto que se tinha afastado deles desde Panfília e não tinha ido com eles à obra."


Será que com isto Marcos se culpabilizou ao ponto de desanimar e não se sentir digno de servir a Jeová?!... Não... Marcos provou mais tarde ser trabalhador de confiança e diligente, conforme testemunha Paulo em 2 Timóteo 4:11


  "Apenas Lucas está comigo. Toma a Marcos e traze-o contigo, porque ele me é útil para ministrar."


Provavelmente alguns de nós por algum motivo afrouxamos a nossa participação na obra de evangelização ou talvez desleixemos nossa relação com Deus. Será que vamos ficar demasiado entristecidos por isso, ao ponto de acharmos que não somos dignos de seguir a Cristo?


Se nós lamentarmos demasiado os nossos erros passados iremos nos isolar e isso fará com que fiquemos cada vez mais fracos, permitindo assim que Satanás nos possa enlaçar nas suas tramas para nos desviar dos caminhos de Jeová.


Lembremo-nos que Marcos apesar de numa determinada altura ter abandonado o serviço que prestava a Jeová não ficou demasiado contristado e até mais tarde deu provas de ser trabalhador de confiança e diligente.


- E nós que faremos se enfrentarmos tais situações ?

- Certamente não vamos dar lugar ao desânimo, vamos sim estribar-nos em Jeová através de oração. Tendo em mente o que diz em Hebreus 4:15:


"Pois temos por sumo sacerdote, não alguém que não se possa compadecer das nossas fraquezas, mas alguém que foi provado em todos os sentidos como nós mesmos, porém, sem pecado."


Esta certeza nos dará forças para mantermos nossa integridade e determinação no sentido de melhorar-mos nosso serviço a Jeová.


Como povo unido que Deus quer que sejamos, sem dúvida os mais fortes têm um papel preponderante em relação aos mais fracos, encontramos orientação nesse sentido em Romanos 15:1,2


 "Nós, porém, os que somos fortes, devemos suportar as fraquezas dos que não são fortes, e não estar agradando a nós próprios. Que cada um de nós agrade [ ao seu ] próximo naquilo que é bom para a edificação [ dele ]."


Se todos nós seguirmos de perto estas advertências, não daremos a Satanás margem para inculcar no nosso coração um exagerado sentimento de culpa que nos poderá impossibilitar de servir fielmente e Jeová.


Miguel Roque




Liberdade Cristã editou às 00:00
link do post | comentar | favorito
|