Cristo está na sua vida?...

Guardai-vos dos falsos profetas, que vêm a vós disfarçados em ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores... Mateus 7:15

Somos seguidores de Cristo, não de homens - Gálatas 1:10        

Sábado, 30 de Abril de 2005

- Sobre o amor de Cristo...


Sobre o amor de
Cristo...


Um
missionário inglês, apareceu um dia em sua pregação carregando uma gaiola.

Cuidadosamente, colocou-a no púlpito, e começou a falar:

"Estava andando pela rua ontem, e vi um menino levando essa gaiola com um
pequeno pássaro, tremendo de frio e medo. Eu perguntei:

- O que você vai fazer com esse passarinho?

Ao que ele respondeu:

-Vou levá-lo em casa para tirar suas penas e queimá-lo!

Vou me divertir muito com ele! Estupefacto, ainda pude perguntar:

-Quanto você quer por esse passarinho?

-Ah...O senhor não vai quere-lo... Ele não serve pra nada! É muito feio!

Sendo
muito insistente, consegui dissuadir o menino de seu intento e comprei o
passarinho por vinte dólares. E já de posse do pobre pássaro, libertei-o tão
logo o menino deu-me as costas...



Um dia, Jesus Cristo e Satanás estavam conversando e Jesus perguntou o que
ele estava fazendo para as pessoas aqui na terra.

O diabo respondeu:

-Estou me divertindo com elas! Ensino-as a fazer bombas e a matar, a usar
armas, a odiar umas às outras, a casar e divorciar, ensino-as a abusar de
criancinhas, ensino os jovens a usar drogas, a beber e fazer tudo o que não
se deve! Realmente... Estou me divertindo muito!

Jesus perguntou:

-E depois o que você vai fazer?

Em resposta, o diabo feriu os ouvidos de Jesus Cristo, dizendo:

-Vou matá-los e acabar com eles!

Jesus perguntou:

-Quanto você quer por eles?

Em deboche, gargalhando, o diabo respondeu:

-Ah...Você não vai querer essas pessoas... Elas são traiçoeiras, mentirosas,
falsas, egoístas e avarentas! Elas não vão te amar de verdade, vão bater e
cuspir no Teu rosto, vão Te desprezar e nem vão levar em consideração o que
você fizer!

Impolutamente, e resoluto, Jesus Cristo, com uma voz cheia de certeza, ainda
perguntou:

-Quanto você quer por elas, Satanás?

O diabo, enfurecido, com chispas de ódio em seus olhos respondeu:

-Quero
toda a tua lágrima e todo o teu sangue!

Jesus bravamente, com sua voz esplendorosa, respondeu:

-Trato feito!

E Jesus pagou o preço da nossa liberdade!"

Como nós podemos nos esquecer de Jesus?

Acreditamos em tudo o que nos é ensinado no mundo secular, mas sempre
questionamos as coisas que vem de Deus!

Todos querem um dia estar com Deus, mas não querem conhecê-lo! E amá-lo!
Muitos dizem: Eu acredito em Deus, (Satanás também!), mas não fazem nada por
Ele!

As pessoas mandam piadas por e-mail com a velocidade da luz.

Mas quando a mensagem é sobre Deus, as pessoas pensam duas vezes antes de
compartilhar umas com as outras...

Tentam ser invisíveis quando se trata de JESUS CRISTO... POR QUÊ?


 

Liberdade Cristã editou às 08:28
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 25 de Abril de 2005

- Não importa





Não importa




 



Não importa a
natureza de um obstáculo; importa a determinação para superá-lo.



Não importa a dimensão do caminho a ser percorrido;
mas sim a vontade sincera de percorrê-lo.



Não importa se a luta será solitária;
o que importa é saber que a vitória depende acima de tudo de nossa
vontade de alcançá-la.



Não importa se um sonho parecer utopia;
o que importa é acreditar que sonhos,
por mais fantásticos que possam ser,
serão sempre o embrião das grandes realizações.



Não importa se for preciso recomeçar muitas vezes;
o que importa é ter a coragem de nunca desistir,
de crer que cada recomeço não representa uma derrota,
mas sim a oportunidade que nos é dada para superar nossas próprias
limitações.


 

Liberdade Cristã editou às 13:41
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Domingo, 24 de Abril de 2005

- Dê sempre o seu melhor



sempre o seu melhor


 




Se um dia você der um
lindo espetáculo e ninguém aplaudir, não fique triste...



Pois o SOL ao NASCER dá um lindo espetáculo...... porém todos estão
DORMINDO!




Quando realizar algo de bom, talvez até magnífico; se eventualmente não
houver o reconhecimento dos que lhe cercam, lembre sempre do "sol",
mas não deixe de realizar seu melhor, assim você sempre poderá ir tendo
orgulho de fazer sempre o seu melhor...



Quer seja no seu trabalho, na família, ou no transito, na escola, na
igreja...

Onde você estiver seja LUZ!



Deus nos abençoe...



«A gota não cava a pedra pela força mas por quedas freqüentes»



 


Liberdade Cristã editou às 22:16
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 19 de Abril de 2005

- João e António



A história de João e António



 


 


 


João era um
importante empresário. Morava em um apartamento de cobertura, na zona
nobre da cidade. Num determinado dia, João deu um longo beijo em sua amada
e fez em silêncio a sua oração matinal de agradecimento a Deus pela sua
vida, seu trabalho e suas realizações.



Após tomar café com a esposa e os filhos, João levou-os ao colégio e se
dirigiu a uma de suas empresas. Chegando lá, cumprimentou com um sorriso
os funcionários, inclusive Dona Teresa, a faxineira.



Tinha ele inúmeros contratos para assinar, decisões a tomar, reuniões com
vários departamentos da empresa, contactos com fornecedores e clientes,
mas a primeira coisa que disse para sua secretária foi: "Calma, vamos
fazer uma coisa de cada vez, sem stress".



Ao chegar a hora do almoço, ele foi para casa curtir a família. A tarde
tomou conhecimento que o faturamento do mês superou os objectivos e mandou
anunciar que todos os funcionários teriam gratificações salariais.



No mês seguinte. Apesar da sua calma, ou talvez, por causa dela, conseguiu
resolver tudo que estava agendado para aquele dia. Como já era
sexta-feira, João foi ao supermercado, voltou para casa, saiu com a
família para jantar e depois foi dar uma palestra para estudantes, sobre
motivação para vencer na vida.



Enquanto isso, em bairro mais pobre de outra capital, vive António. Como
fazia em todas as sextas-feiras, António foi para o bar jogar sinuca e
beber com amigos.



Já chegou lá nervoso, pois estava desempregado. Um amigo seu tinha lhe
oferecido uma vaga em sua oficina como auxiliar de mecânico, mas ele
recusou, alegando não gostar do tipo de trabalho.



António não tinha filhos e estava também sem uma companheira, pois sua
terceira mulher, partiu dias antes, dizendo que estava cansada de ser
espancada e de viver com um inútil.



Ele estava morando de favor, num quarto imundo no porão de uma casa.



Naquele dia, António bebeu mais algumas, jogou, bebeu, jogou e bebeu até o
dono do bar pedir para ele ir embora. Ele pediu para pendurar a sua conta,
mas seu crédito havia acabado, então armou uma tremenda confusão... e o
dono do bar o colocou para fora.



Sentado na calçada, António chorava pensando no que havia se tornado sua
vida, quando seu único amigo, o mecânico, apareceu após levá-lo para casa
e curando um pouco o porre, ele Perguntou a António:



"Diga-me por favor, o que fez com que você chegasse até o fundo do poço
desta maneira?"



António então desabafou:



- A minha família... Meu pai foi um péssimo exemplo, Ele bebia, batia em
minha mãe, não parava em emprego nenhum. Tínhamos uma vida miserável.
Quando minha mãe morreu doente, por falta de condições, eu saí de casa,
revoltado com a vida e com o mundo. Tinha um irmão gémeo, chamado João,
que também saiu de casa no mesmo dia, mas foi para um rumo diferente,
nunca mais o vi.



Deve estar vivendo desta mesma forma".



Enquanto isso, na outra capital, João terminava sua palestra para
estudantes.



Já estava se despedindo quando um aluno ergueu o braço e lhe fez a
seguinte pergunta:



- "Diga-me por favor, o que fez com que o senhor chegasse até onde está
hoje, um grande empresário e um grande ser humano?"



João emocionado, respondeu:



- "A minha família. Meu pai foi um péssimo exemplo. Ele bebia, batia em
minha mãe, não parava em emprego nenhum. Tínhamos uma vida miserável.



Quando minha mãe morreu, por falta de condições, eu saí de casa, decidido
que não seria aquela vida que queria para mim e minha futura família.



Tinha um irmão gémeo, chamado António, que também saiu de casa no mesmo
dia, mas foi para um rumo diferente, nunca mais o vi. Deve estar vivendo
desta mesma forma".


 



Moral da história:




O que aconteceu com você até agora, não é o que vai definir o seu futuro,
e sim a maneira como você vai reagir a tudo que aconteceu. Sua vida pode
ser diferente, não se lamente pelo passado, construa você mesmo o seu
futuro, mas sempre segurando na mão de DEUS.



Encare tudo como uma lição de vida, aprenda com seus erros e até mesmo com
o erro dos outros. O que aconteceu é o menos importante. O que realmente
importa é o que você vai fazer com o que acontecer.



" A capacidade de sonhar deve ser maior que os problemas" (Comandante
Rolim Amaro)



Vivãoooooooooooo a Vida pois o tempo passa rápido "Elber"



Liberdade Cristã editou às 18:07
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 17 de Abril de 2005

- Desculpe, foi engano






Desculpe foi engano






Era uma vez um rapaz que
tinha muitos problemas.



Constantemente, em suas preces, ele pedia que Jesus viesse visitá-lo no
seu sofrimento.



Um dia, Jesus bateu a sua porta, ele maravilhado, convidou-o a entrar, e
Jesus sentou-se no sofá da sala.



Na mesinha de centro encontrava-se uma Bíblia aberta no Salmo 91.  



Numa das paredes estava pendurado um bordado com o Salmo 23 e na outra um
quadro da santa ceia.



"Senhor Jesus", disse o jovem, "em primeiro lugar gostaria de dizer que é
uma honra recebê-lo em minha casa, conforme o Senhor deve saber,estou
passando por algumas dificuldades e preciso muito da Sua ajuda..."



"Filho", interrompeu Jesus, "antes de conversarmos sobre os seus pedidos,
gostaria de conhecer sua casa.



Onde é o lugar que você dorme?"



No mesmo instante o rapaz se lembrou que guardava, no quarto, umas
revistas terríveis e se apressou em dar uma desculpa:



"Não, Jesus, lá não! Meu quarto não está arrumado!"



"Bem", disse Jesus, "e a cozinha, posso conhecer sua cozinha?"



O rapaz lembrou que na cozinha havia algumas garrafas de bebida que ele
não gostaria que Jesus visse.



"Senhor, desculpe, mas prefiro que não", respondeu o rapaz, "a minha
cozinha está vazia, não tenho nada de bom para oferecê-lo."



Neste instante, um barulho forte interrompe a conversa.



Pam, pam, pam...!



Era alguém que batia furiosamente na porta, o rapaz se levantou,assustado,
e foi ver quem era.



Abriu a porta meio desconfiado, e viu que era o diabo.



"Sai da frente que eu quero entrar!", gritou o tentador.



"De jeito nenhum", respondeu o rapaz, e assim começou a briga.



Com muita dificuldade o homem conseguiu empurrar o diabo e fechar a porta.



Cansado, o rapaz voltou para sala e continuou:



"Então, Jesus", disse ele, "como eu estava falando com o Senhor, estou
precisando de tantas coisas..."



Mas, outra vez a conversa é interrompida por um barulho forte que vinha da
janela do quarto.



O rapaz correu para ver quem era e ao abri-la se deparou, novamente, com o
diabo:



"Agora não tem jeito, eu vou entrar!", disse o inimigo.



Mais uma vez o rapaz se debateu com ele e conseguiu trancar a janela.



"Senhor", disse ele, "desculpe a interrupção,conforme lhe dizia..."



Outra vez, dos fundos da casa, se ouvia tamanho barulho como se alguém
quisesse arrombar a porta, era novamente o diabo:



"Eu quero entrar!"



O rapaz, já exausto, lutou com ele e conseguiu mantê- lo do lado de fora.



Ao voltar, contrariado, disse a Jesus:



"Eu não entendo.



O Senhor está na minha casa e por que o diabo fica insistindo em entrar?"



"Sabe o que é meu filho", explicou Jesus, "é que na sua casa você só me
deu a sala."



O rapaz humildemente entendeu a lição de Jesus e fez uma faxina na casa
para entregá-la aos cuidados do Senhor.



Neste instante, o diabo bateu mais uma vez à porta.



O rapaz olhou para Jesus sem entender, e o Senhor disse: "Deixa que eu vou
atender."



Quando o diabo viu que era Jesus, que atendia a porta, disse:



"Desculpe, foi engano," e sumiu rapidinho.



Muitas vezes, é assim que acontece com o nosso coração.



Entregamos a Jesus só uma parte dele, apenas a sala, ficando as dúvidas a
morar no quarto, o acaso na cozinha, o medo na varanda, então lutamos e
não vencemos porque a casa está dividida.



A Bíblia diz que "os olhos do Senhor passeiam por toda a terra para se
mostrar forte para com aqueles cujo coração é inteiramente seu." 


Diogo Morgado



Liberdade Cristã editou às 00:04
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Terça-feira, 12 de Abril de 2005

- Pai Nosso






Pai Nosso




Se em minha vida não ajo como filho de Deus, fechando meu coração ao amor. Será inútil dizer:
PAI NOSSO.




Se os meus valores são representados pelos bens da terra. Será inútil dizer:
QUE ESTAIS NO CÉU.




Se penso apenas em ser cristão por medo, superstição e comodismo. Será inútil dizer:
SANTIFICADO SEJA O VOSSO NOME.




Se acho tão sedutora a vida aqui, cheia de supérfluos e futilidade. Será inútil dizer:
VENHA A NÓS O VOSSO REINO.




Se no fundo o que eu quero mesmo é que todos os meus desejos se realizem. Será inútil dizer:
SEJA FEITA A VOSSA VONTADE.




Se prefiro acumular riquezas, desprezando meus irmãos que passam fome. Será inútil dizer:
O PÃO NOSSO DE CADA DIA NOS DAI HOJE.



Se não me importo em ferir, injustiçar, oprimir e magoar aos que atravessam o meu caminho. Será inútil dizer:
PERDOAI AS NOSSAS OFENSAS, ASSIM COMO NÓS PERDOAMOS A QUEM NOS TEM OFENDIDO.




Se escolho sempre o caminho mais fácil, que nem sempre é o caminho do Cristo. Será inútil dizer:
E NÃO DEIXEIS CAIR EM TENTAÇÃO.



Se por minha vontade procuro os prazeres materiais e tudo o que é proibido me seduz. Será inútil dizer:
LIVRAI-NOS DO MAL....



Se sabendo que sou assim, continuo me omitindo e nada faço para me modificar. Será inútil dizer:
AMÉM.




E SE VOCÊ PENSA UM DIA IR TER COM O PAI ETERNO, SAIBA QUE PRIMEIRO DEVE
ACEITAR A CRISTO COMO ÚNICO SALVADOR, POIS ELE DISSE:

“Ninguém vai ao Pai a não ser por mim...”





e ainda:
“Todo aquele que quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz de cada dia e siga-me.”



Miguel Roque


</font>



Liberdade Cristã editou às 16:27
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Segunda-feira, 4 de Abril de 2005

- Ser cristão









 


alt



Ser cristão para nós é um
título de honra!



 




Terça-Feira, 22 de Março 2005

 




 

Infelizmente,
não faltam revistas, programas de rádio e televisão, e até via
Internet, fontes poluidoras de nossa mente. É um fato: as falsas
religiões estão aí para enganar até os escolhidos de Deus.



Muitos de nós freqüentamos tais coisas por desconhecimento ou até
por curiosidade, mas chega um momento em que Deus nos visita em
nossa ignorância e, se formos dóceis, experimentamos Sua infinita
misericórdia.



"No momento favorável, eu te atendo, e no dia da salvação venho
em teu socorro. Eis agora o momento inteiramente favorável. Eis
agora o dia da salvação"
(II Cor 6,2).



Ser cristão para nós é um título de honra. Quando temos coragem de
renunciar à vida passada e abraçamos a vida nova em Jesus Cristo. O
cristão é alguém que recebeu do Pai o Espírito Santo, com tal força,
que hoje, ele é um outro Cristo que só deseja amar e obedecer ao
Pai.

 


Que Deus o
abençoe

Tudo pelo Senhor e Seu Reino!






 





Luzia Santiago


 




Liberdade Cristã editou às 20:21
link do post | comentar | favorito
|

- Sucessão de João Paulo II


Sucessão de João Paulo II



O
papa morreu, logicamente irá ser sucedido por outro, mas perante a sua
grandiosa obra vai ser difícil ser superado.



Durante seu apostolado de 27 anos, foi grandiosa a obra realizada, mas
quanto a mim o que mais me seduziu foi sua tentativa de unir cristãos de
várias religiões.



Todos adoramos o mesmo Deus, seguimos ao mesmo Líder Jesus Cristo. Se como
João Paulo II  pretendia, uníssemos nossas forças numa evangelização
comum, quem sabe se não encontraríamos o verdadeiro caminho que leva ao Pai.



Prossigamos, pois, na busca da verdade de Deus e não na verdade de homens
imperfeitos.


Miguel Roque


Liberdade Cristã editou às 18:19
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 1 de Abril de 2005

- Aos irmãos católicos


Aos irmãos católicos




Neste
momento em que a vida de João Paulo II está em perigo, expresso a minha
solidariedade e a esperança que o desaparecimento de um irmão em Cristo não
significa o fim de nossa relação com Deus, mas a esperança na ressurreição
em Cristo.



A todos os católicos, porque entendo que como cristãos somos TODOS IRMÃOS,
seja qual for o nosso credo aceitamos a Cristo como o filho de Deus e nosso
verdadeiro exemplo como adoradores de Deus.



Junto-me a vós na dor da iminente perca dum homem de reconhecido valor
cristão e de força inigualável.


Com amor cristão.


Miguel Roque



Liberdade Cristã editou às 18:50
link do post | comentar | favorito
|