Cristo está na sua vida?...

Guardai-vos dos falsos profetas, que vêm a vós disfarçados em ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores... Mateus 7:15

Somos seguidores de Cristo, não de homens - Gálatas 1:10        

Domingo, 26 de Abril de 2009

Alessandro Gregorute desmascara falsidades

Igreja do Evangelho tradicional Apostólico






 

Que Deus vos abençoe.

Liberdade Cristã editou às 14:08
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2008

Pela vida...



petição

 

Liberdade Cristã editou às 11:21
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 19 de Maio de 2008

Lendo Coríntios...

1 Coríntios 10:12-13

12 Consequentemente, quem pensa estar de pé, acautele-se para que não caia. 13 Não vos tomou nenhuma tentação excepto a que é comum aos homens. Mas Deus é fiel, e ele não deixará que sejais tentados além daquilo que podeis aguentar, mas, junto com a tentação, ele proverá também a saída, a fim de que a possais aguentar.

Liberdade Cristã editou às 20:17
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sábado, 26 de Janeiro de 2008

Salmo 1

SALMO 1

1 BEM-AVENTURADO o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.

2 Antes tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite.

3 Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.

4 Não são assim os ímpios; mas são como a moinha que o vento espalha.

5 Por isso os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos.

6 Porque o SENHOR conhece o caminho dos justos; porém o caminho dos ímpios perecerá.

Liberdade Cristã editou às 17:24
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 17 de Dezembro de 2007

Feliz Natal

Liberdade Cristã editou às 18:12
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 7 de Junho de 2007

Foi por você...

Liberdade Cristã editou às 10:05
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 6 de Janeiro de 2007

Respeite a vida, um dom de Deus

 

O direito à vida é inviolável
vote NÃO

no referendo do dia 11 de Fevereiro

O aborto livre até às dez semanas ofende o artigo 24º da Constituição que diz que o direito à vida é inviolável.

Nasci a 30 de Maio de 1960, minha mãe faleceu menos de 24 horas depois. Eram tempos difíceis meu pai ficou com 3 filhos e uma filha, acabamos por ser criados por familiares e não só.

Fomos separados nunca vivemos juntos como irmãos, até aos meus 12 anos praticamente só conhecia minha irmã meus outros irmãos só vim a conviver com eles mais tarde.

Arranjei companheira, com 18 anos ela tinha apenas 14 anos, para terminar esta pequena história 2 anos depois tinhamos 1 filha de 1 ano e pouco e um filho recém-nascido, éramos jovens tínhamos dificuldades financeiras mas criamos nossos filhos NÃO PRECISAMOS NEM NUNCA NOS PASSOU PELA CABEÇA IMPEDIR QUE VIESSEM A ESTE MUNDO.

Pensem bem, nada justifica que venhamos a impedir nossos filhos de nascer... DIGAM NÃO AO ABORTO.

dia 11 de Fevereiro, digam SIM à vida
VOTEM NÃO

Liberdade Cristã editou às 20:35
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 2 de Novembro de 2006

- Se Deus estiver comigo, prosseguirei...

Obrigação para com Deus...


Muitas vezes me sinto pequeno neste enorme mundo que é a Internet.
Levanto minha voz para mostrar meu grito de revolta contra a prepotência de homens que usam a fé de outros para aumentar seu domínio sobre seu semelhante. Desviando-nos muita vez da verdadeira adoração a Deus, para nos levarem a adaptar suas doutrinas enganosas.
Mas quem sou eu para conseguir ser ouvido no meio de vozes mais instruídas que a minha?
Não passo de um simples ex-publicador nas Testemunhas de Jeová... E aqui na Net encontramos ex-anciões com muito mais experiência e mais matéria para desenvolver sem falar que dominam melhor que eu a arte de oratória.
É, amigos, nestas condições é difícil ser-se notado, mas me dita o coração que tenho uma obrigação perante Deus. E a isso eu não posso, nem quero fugir. Talvez você esteja a pensar:
- Que obrigação?
A obrigação de ajudar outros a ver a VERDADE DE DEUS não a verdade de homens que usurpam o lugar Dele.
Enquanto cristão e como homem cumprirei essa missão da melhor forma que sei sempre pedindo a orientação de Deus. E quantos mais formos tanto melhor, não devo temer nem sentir-me inferiorizado perante outros que como eu levantam sua voz...
Esta não deve ser uma obra nossa, mas de Deus.
Estou consciente de que me encontro enfrentando forças das quais não conheço seu total poder e alcance, mas não enfrentou Moisés forças maiores? E porque tinha a Deus com ele conseguiu sempre o que o próprio Deus pretendia dele.
Da mesma forma se o que tento realizar agradar a Deus e servir seus propósitos prosperará caso contrário terá um fim rápido.


Miguel Roque

Liberdade Cristã editou às 17:01
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 22 de Abril de 2006

Sobre Liberdade Cristã

 
Liberdade cristã
 

A natureza da liberdade cristã é tal que você não pode nem mesmo cruzar a linha que a separa do directo, específico e explícito mandamento de Deus. O problema é que tomamos coisas que não são verdadeiramente mandamentos, talvez princípios gerais, e encontramos uma regra aplicável, fazendo essa regra igual aos mandamentos de Deus.

Deus nos diz para não sermos mundanos. Algumas pessoas determinam que dançar é mundano e então fazem da dança um pecado. Fazem essa regra se aplicar a todas as pessoas. Fundamentalismo é característico desse tipo de coisa, então temos a velha frase: “não beba, não fume e nem mastigue tabaco, e nem ao menos ande com aqueles que o fazem”. Obviamente você não quer cair nesta armadilha porque este tipo de legalismo não constrói maturidade cristã.

Construir maturidade cristã não é passar uma série de novas regras feitas por homens. Pelo contrário, maturidade cristã é ensinar aos cristãos a exercer julgamento judicial do mesmo modo que eles exercem sua própria liberdade. Dê a eles princípios e então deixe-os decidirem por si. Frequentemente estas regras feitas por homens acabam tomando procedência mesmo sobre as regras de Deus. Fazemos uma regra: pessoas em nossa igreja não podem beber álcool. Se você beber, estará pecando. Então, alguém bebe e todos o julgam quando a Bíblia não diz explicitamente que não devemos beber. Ela diz que não devemos nos embebedar, mas não que não podemos beber. Entretanto, a Bíblia diz explicitamente que não devemos julgar nosso irmão que exerce sua liberdade, e que ninguém deve ser nosso juiz quanto a comida e bebida. Isto sim é explícito nas Escrituras.

As pessoas exaltam as leis dos homens ao nível das leis de Deus, e o fazendo, violam a lei explícita de Deus.

Quando estava no leste da Europa há uns 20 anos atrás me preparando para viajar para a União Soviética, um de meus líderes me disse: “não diga a eles que estamos jogando basquete hoje, porque os russos acreditam que basquete é mundano. Desporto é do mundo e é pecado. Eles não permitem”. Isto soa bizarro para nós porque amamos o Desporto, mas é o que fazem. São muito sensíveis a isso.

Se você está adoptando uma regra que se adapte a todos os cristãos, você deve ser capaz de identificá-la com uma proibição bíblica.

Vou dar um exemplo quanto aos filmes. Eu não olho as classificações. Eu não dispenso automaticamente filmes com classificação adulta. Eu sou assim. Costumo ser crítico com os filmes que vejo, mas não simplesmente pergunto se o filme é classificado para adultos. Algumas pessoas não assistem a filmes adultos por questão de princípio, e Deus os abençoe.

Estou certo de que Paulo diria que bruxaria, ódio, fornicação, lascívia e o tipo de coisas mencionado em Gálatas 5 são pecaminosos. Elas eram naquele tempo, elas o são agora. Como isso influencia nossos comportamentos e particularidades na vida, eu não tenho certeza. Tenha em mente que mesmo que o próprio Paulo dissesse: "eu, particularmente, não vou assistir nunca a um programa de tv", não quer dizer que, porque ele escolheu não assistir, nós somos obrigados a não assistir também. Paulo ainda pode operar no contexto de sua própria consciência, mas isso não significa que esta seja a lei para o resto de nós. Além do mais, foi Paulo quem escreveu sobre liberdade cristã em Coríntios e em Romanos. A não ser que o próprio Paulo dissesse "Este é o ensinamento directo do Senhor. Esta não é minha própria escolha ou conselho. É Deus falando", eu não deveria fazer daquilo minha obrigação. É uma outra história.

Vou compartilhar algo que um dos meus primeiros professores cristãos me ensinou há uns 20 anos. Seu nome é Bill Counts. Ele agora é pastor em Dallas, Texas. Bill disse o seguinte para evitar o legalismo: “encontre uma proibição bíblica explícita para cada regra que você adoptar para a igreja”. Se você vai adoptar uma regra que se aplica a todos os cristãos, você tem que ser capaz de identificar uma proibição bíblica explícita. Se você dissesse: "a regra é que cristãos não devem se embebedar", você então poderia abrir em Efésios 5 e ler onde diz "não se embebede de vinho". Ali você tem a regra. Está explicitamente estabelecido na Bíblia, então você está justificado se aplicar isso a todos os cristãos porque os escritores bíblicos o fizeram.

De qualquer maneira, se você disser: "a regra é que você não pode nunca fumar ou tomar algo que fira o seu próprio corpo", então você vai ter que encontrar um versículo bíblico que diga que é imoral tomar algo em seu corpo que cause dano a ele. Eu não conheço nenhum versículo moral como este. Algumas pessoas podem dizer que a Bíblia diz que seu corpo é um templo do Espírito Santo. Você está certo, mas o corpo ser um templo próprio não tem nada a ver com as qualidades do meu corpo. Se esse fosse o caso, então pessoas que fazem ginástica seriam mais espirituais que aquelas que não fazem, porque elas têm um templo muito mais bem aparentado. E pessoas que são doentes ou enfermas seriam templos inadequados pois algo está errado com seu corpo físico que é o templo do Espírito. Então, não faz nenhum sentido dizer que não se pode fumar ou beber porque isso pode machucar seu corpo e invocar este versículo que diz sobre ser um templo do Espírito Santo. É interessante que pessoas que querem dizer isso sobre fumar ou beber não o fazem quanto às calorias, açúcar ou gula.

Paulo não está falando sobre ser adequado fisicamente em nenhum sentido ou forma. Ele está falando sobre comportamento moral. Ele diz: “não vá para a cama com uma prostituta”. Por quê? “Porque seu corpo é um templo do Espírito Santo. Você está trazendo Deus à participação deste acto desde que Ele habita em seu corpo na Pessoa do Espírito Santo. Você O está trazendo em contacto directo com a imoralidade. Você está juntando Jesus a uma prostituta”, diz Paulo. O comentário de Paulo sobre ser um templo adequado não tem nada a ver com qualidades físicas. Tem tudo a ver com qualidades morais. Este é o assunto lá.

Para evitar o legalismo, tenha certeza que você tem uma proibição bíblica explícita para cada regra que você adoptar para outros.


extraído de : Liberdade cristã - Página do Glauber

Liberdade Cristã editou às 09:54
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sábado, 4 de Março de 2006

- Cuida do mais importante e cumprirás a missão!




"Pois eu vos digo que a todo o que tem, dar-se-lhe-á; mas ao que não tem, até aquilo que tem ser-lhe-á tirado." Lucas 19:26
 

Era uma vez o jovem que recebeu do rei a tarefa de levar uma mensagem e alguns diamantes a um outro rei de uma terra distante. Recebeu também o melhor cavalo do reino para levá-lo na jornada.
- Cuida do mais importante e cumprirás a missão! - disse o soberano ao se despedir.
Assim, o jovem preparou o seu alforge, escondeu a mensagem na bainha da calça e colocou as pedras numa bolsa de couro amarrada a cintura, sob as vestes.
Pela manhã, bem cedo, sumiu no horizonte. E não pensava sequer em falhar. Queria que todo o reino soubesse que era um nobre e valente rapaz, pronto para desposar a princesa. Aliás, esse era o seu sonho e parecia que a princesa correspondia às suas esperanças.
Para cumprir rapidamente sua tarefa, por vezes deixava a estrada e pegava atalhos que sacrificavam sua montaria. Assim, exigia o máximo do animal. Quando parava em uma estalagem, deixava o cavalo ao relento, não lhe aliviava da sela e nem da carga, tampouco se preocupava em dar-lhe de beber ou providenciar alguma ração.

- Assim, meu jovem, acabas perdendo o animal - disse alguém.
- Não me importo - respondeu ele - Tenho dinheiro. Se este morrer, compro outro. Nenhuma falta fará!

Com o passar dos dias e sob tamanho esforço, o pobre animal não suportando mais os maus-tratos, caiu morto na estrada. O jovem simplesmente o amaldiçoou e seguiu o caminho a pé. Acontece que nessa parte do país havia poucas fazendas e eram muito distantes umas das outras. Passadas algumas horas, ele se deu conta da falta que lhe fazia o animal. Estava exausto e sedento. Já havia deixado pelo caminho toda a tralha, com excepção das pedras, pois lembrava da recomendação do rei: "Cuida do mais importante!"

Seu passo se tornou curto e lento. As paradas, frequentes e longas. Como sabia que poderia cair a qualquer momento e temendo ser assaltado, escondeu as pedras no salto de sua bota. Mais tarde, caiu exausto no pó da estrada, onde ficou desacordado. Para sua sorte, uma caravana de mercadores que seguia viagem para o seu reino, o encontrou e cuidou dele. Ao recobrar os sentidos, encontrou-se de volta em sua cidade.

Imediatamente foi ter com o rei para contar o que havia acontecido e com a maior desfaçatez, colocou toda a culpa do insucesso nas costas do cavalo "fraco e doente" que recebera.

- Porém, majestade, conforme me recomendaste, "cuida do mais importante", aqui estão as pedras que me confiaste. Devolvo-as a ti... Não perdi uma sequer.

O rei as recebeu de suas mãos com tristeza e o despediu, mostrando completa frieza diante de seus argumentos. Abatido, o jovem deixou o palácio arrasado. Em casa, ao tirar a roupa suja, encontrou na bainha da calça a mensagem do rei, que dizia:
"Ao meu irmão, rei da terra do Norte. O jovem que te envio é candidato a casar com minha filha. Esta jornada é uma prova. Dei a ele alguns diamantes e um bom cavalo. Recomendei que cuidasse do mais importante. Faz-me, portanto, este grande favor e verifica o estado do cavalo. Se o animal estiver forte e viçoso, saberei que o jovem aprecia a fidelidade e força de quem o auxilia na jornada. Se, porém, perder o animal e apenas guardar as pedras, não será um bom marido nem rei, pois terá olhos apenas para o tesouro do reino e não dará importância à rainha nem àqueles que o servem".

 



Comparo esta história com o ser humano que segue sua jornada na vida, tão preocupado com seu exterior, isto é, com os bens, que tudo guarda como se fosse tudo ouro, esquecendo de alimentar também a sua alma e o seu espírito com a alegria e o amor de Deus. Certamente não cumprirá a missão, já que não sabe guardar o que é mais importante . Se você tiver a oportunidade de conhecer pessoas assim , como conheci e conheço a muitos , verá que na intimidade têm mais problemas que você ou eu e são cercados de infelicidades.

Antes que seja tarde , preocupe-se em ter a certeza: será que estou no Caminho que me leva a Deus ?

Liberdade Cristã editou às 11:41
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|